Apresentação

A recente reorganização administrativa do território nacional determinou que as freguesias de Santiago Maior e São João Baptista se unissem administrativamente respeitando, no entanto, a sua integridade territorial e identidade. Esta união agregou as duas mais populosas freguesias do concelho de Beja e territórios onde se localizam alguns dos mais importantes e antigos monumentos e principais equipamentos públicos, de natureza social, desportiva ou cultural. Ocupando uma área de 51,26 Km2, nelas residem cerca de 39% de toda a população do concelho, num total de 14 015habitantes, com uma densidade populacional de 273,4 hab/Km2.

Santiago Maior

Orago: São Tiago

População: 7620

Área: 43,05 Km2

Principais atividades económicas: serviços, comércio, indústria

Feiras, festas e romarias: Nossa Senhora do Rosário de Fátima (1ª semana de julho) e procissão do Santíssimo.

Património cultural e edificado: Castelo e arco romano (Portas de Évora), Sé catedral, igrejas de Santo Amaro (núcleo visigótico), de Nossa Sra. dos Prazeres/ Museu Episcopal, da Misericórdia e de Santiago, ermida de Santo André, Antigo Hospital de Nossa Sra. da Piedade (Hospital Velho), fonte das Cavadas e ruínas romanas de Pisões.

Equipamentos culturais, desportivos e sociais: Centro Social do Lidador, piscina coberta, complexo desportivo Fernando Mamede,

Património natural: Parque das Merendas, Parque da Cidade,

Armas: Escudo de ouro, com castelo de vermelho aberto, frestado e lavrado de negro; em chefe, vieira de vermelho. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: BEJA - SANTIAGO MAIOR.

História e atualidade

A concentração dos mais significativos monumentos históricas da cidade de Beja e a sua dimensão territorial e populacional fazem de Santiago Maior, provavelmente, a mais importante freguesia da cidade. O seu nome atesta a ligação ao culto de São Tiago e aos caminhos da peregrinação. Num percurso curto é possível fazer uma viagem historicamente muito rica e diversa, atravessando o arco romano e visitando o castelo, a igreja matriz – a Sé -, a igreja da Misericórdia, o Hospital Velho, monumento nacional recentemente consagrado, a igreja de Santo Amaro, que alberga o núcleo visigótico, de referência nacional, ou a igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, esplendidamente decorada. Mais longe, próximo da localidade do Penedo Gordo, é inevitável uma visita à villa romana de Pisões, um dos sítios arqueológicos mais marcantes da região, alvo de escavações e investigação desde os anos 60, data da sua descoberta acidental. Estes são testemunhos da história e importância desta freguesia no âmbito do concelho de Beja. Já fruto do investimento em tempos modernos, aqui se localizam importantes equipamentos públicos como o Centro Social do Lidador, a Casa do Povo do Penedo Gordo, o Hospital José Joaquim Fernandes, o complexo desportivo Fernando Mamede e a piscina coberta. A escola básica de Santiago Maior, onde se integra a escola EB1 do Penedo Gordo, e o Instituto Politécnico de Beja são os estabelecimentos de ensino sediados na freguesia.

A natureza e os espaços verdes são também emblemáticos na freguesia. O parque da cidade, o circuito de manutenção, o parque de merendas próximo, a “mata dos alemães” são locais de lazer muito procurados pela população.

O Penedo Gordo, localidade situada a 4 quilómetros dos limites da cidade, faz parte do território da freguesia e é um polo de características urbanas de crescente importância, pelo seu número de habitantes e pela sua juventude. Ocupando o quadrante sudoeste da cidade, com uma parte importante do centro histórico, Santiago Maior tem os bairros residenciais Beja I, Beja II, João Barbeiro, e parte do Bairro Alemão, datado dos anos 60, mas ainda hoje um exemplo único e inovador em termos de arquitetura e de organização urbanística.

são joão baptista

Orago: São João Baptista

População: 6395

Área: 7,87 Km2

Principais atividades económicas: serviços e comércio.

Feiras, festas e romarias: São João (24 de junho); Ovibeja (Abril/ Maio) e Ruralbeja (Outubro) 

Património cultural e edificado: Museu do Sembrano; Estátua do Bandeirante António Raposo Tavares; Janela de estilo Manuelino (sito na Rua das Lojas)

Equipamentos culturais, desportivos e sociais: Museu Jorge Vieira/Casa das Artes e Galeria dos Escudeiros; Teatro municipal Pax Julia; Biblioteca Municipal José Saramago; Casa da Cultura; Arquivo Distrital de Beja; Conservatório Regional do Baixo Alentejo; Piscinas municipais descobertas; Parque de Campismo; Estádio Municipal Flávio dos Santos; Pavilhão gimnodesportivo João Serra Magalhães; Parque de feiras e exposições

Armas: Escudo de azul, com pano de muralha de prata, posto em faixa e movente dos flancos, aberto e lavrado do campo, entre um cordeiro de ouro, realçado de negro, segurando na pata dextra um lábaro de vermelho, com haste de prata e carregado de uma cruz do mesmo, em chefe, e uma águia de prata em ponta. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco com a legenda a negro, em maiúsculas: BEJA - S. JOÃO BAPTISTA.

História e atualidade

São João Baptista situa-se a sul da cidade de Beja confinando, na Praça da República, com Santa Maria da Feira, a oeste com Santiago Maior, a este com as freguesias do Salvador e de Nossa Senhora das Neves e com a localidade de Santa Clara do Louredo a sul. O seu nome tem origem paroquial, dedicado ao profeta São João Batista, a quem coube a nobre tarefa de batizar Jesus Cristo no rio Jordão. É a segunda mais populosa freguesia do concelho, caracterizada sobretudo pela oferta cultural disponível nos principais equipamentos municipais: o teatro Pax Julia, a biblioteca José Saramago, a Casa da Cultura, a Casa das Artes, onde parte da obra de Jorge Vieira pode ser apreciada, do espólio integral que o escultor generosamente doou à sua cidade de eleição e à sua população.

Urbanisticamente, é uma freguesia mais moderna, com vastas zonas residenciais de vivendas e habitações unifamiliares a par de diferentes tipos de prédios, (alguns os mais altos da cidade) edificados, sobretudo, nos anos 40, 50 e 60: Bairro do Ultramar, Bairro Alemão (parcial); bairros contíguos na zona da Rua Sousa Porto (antigos bairro dos Falcões e Mira Serra), urbanização do NERBE, entre outros.

Para além do setor económico ligado aos serviços, a atividade comercial é a que mais se destaca na freguesia, pois acolhe os principais locais de compras: Portas de Mértola, Jardim do Bacalhau e rua da Liberdade, centros e zonas comerciais de super e hipermercados. O Parque de Feiras e Exposições é o local privilegiado para a realização de eventos de natureza diversa com condições únicas e há décadas que acolhe a realização da feira Ovibeja, a maior do seu género a sul do país.



União das freguesias - Santiago Maior e São João Baptista - Todos os direitos reservados.